terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Coincidências que quase me fizeram desistir...

Há muito tempo eu escrevi o romance " Ao lado dele" que contava a história de uma moça que teve o filho, recém nascido, roubado. Por anos ela vagou à procura desse filho e o encontrou sendo criado por um homem rico e poderoso, de onde surge uma história de amor entre os dois. Meses depois de escrever esse romance, veio à tona a história de Pedrinho, o menino que fora roubado da mãe, ainda no hospital e que foi reencontrado muitos anos depois. Logo, Glória Perez escrevia a novela baseada neste fato real. Guardei, então, o meu romance. Eu havia há muito escrito também " Por todo o tempo", a história de amor de Raquel - médica mastologista e herdeira de um teatrinho de bonecos - e o Bispo Fernando - um pastor inescrupuloso. Meses depois, eu conheci o You Tube e vi um vídeo do Edir Macedo, ensinando os pastores a "roubarem" os fiéis. Desisti de tentar publicá-lo, porque eu nunca soubera de tal fato envolvendo o Bispo Edir Macedo e que se repetiu quase da mesma maneira, em "Por todo o Tempo". Mais um livro guardado. Eu tinha acabado de escrever "Comadre Florzinha", quando, na novela aparecia a Glória Pires, interpretando a Norma, com quase a mesma história da Malagueña. Tive que esperar a novela do Gilberto Braga terminar, para poder reescrever "Comadre Florzinha" já com perspectivas de publicação em março ou abril. Recentemente eu mesma vivi uma história e me lembrei de outro romance que eu havia escrito: "Ressuscita-me!", a história de amor de Ester e o maestro Duque Leonardo. Eu só me lembrei desse livro, quando eu mesma me vi na mesma situação que Ester. Agora, estou reescrevendo. Embora, seja uma história pessoal, de qualquer maneira não desejo passá-la adiante em "Ressuscita-me!", pois em nenhuma circunstância os romances que escrevo, jamais os vivi. Estou relendo "Ressuscita-me!" para alterar, pois o maestro Duque Leonardo é um promíscuo, mau caráter, canalha nada a ver com o homem que eu amei que nem de longe, acho isso dele. Muito pelo contrário. Considero-o um homem íntegro, digno e tão bonito que eu me envolvi por ele. A idéia de ser rejeitada por um homem, não me faz achá-lo um canalha. Ele apenas não me quer.
Houve outros romances que coincidiram com fatos da vida real ou ficção, como no caso de "Comadre Florzinha" que eu tive que modificar muito ou quase tudo. Os outros, eu não tenho tempo de reescrevê-los, então, daqui pra frente são novos romances e torcendo para não parar no meio do caminho por causa de mais uma coincidência.

6 comentários:

  1. Oi Fernanda! Que bom que não desistiu assim temos o prazer de ler teus lindos livros. Não é só coincidências mas tbe lições. Lembra da Marianne? Fiz omo ela e hj sou outra mulher. O Mario que andou me sacaneando dizendo que eu tinha 180kg! Um irmão desses ninguém merece. Capaz de eu ter chegado a tanto. To no Rio e vou pra BSB te ver. Estive no site que tu chama agora de "futuros excluídos" tá uma bomba de ruim. Bom era no nosso tempo qdo tu e eu agitávamos e se tu continuasse com essa história de amor de doida, eu ia te internar. Uma mulher linda como tu querendo aquele lá...Deus te livre. Era caso de te internar urgente. kkkkkk Adorei a Maria do Mato e to esperando a Comadre Florzinha que já li mas que tu disse que modificou não sei como, porque ele é show, mas ainda prefiro Longe Dele, que tem tudo comigo. To te esperando voltar pro Face. Bjssssss te adoro!

    ResponderExcluir
  2. Bel! Que bom! Ri da história dos 180kg kkkkkk. Eu pedi pro Mario Sergio deixar meu Blog mais bonito e ele não sabe o que fez que ficou "agarrdado" em mim. Tudo o que ele posta sai com meu nome. kkkkkk. Devia ter internado mesmo. Assim, eu não teria feito tanta burrada, mas LIBERTEI! Doida era pouco, mas respeito, pq já tá gagá. Venha mesmo. To louca pra ver vc que vi na foto no face e tá linda demais. Vc saiu e eu continuei. Vc vai casar e eu me danei rsrsrsrs. Deus é Pai! Credo , nem gosto de lembrar! Foram tantas as portas batidas na minha cara que enojei mesmo. Em dezembro andei por lá...Brega de doer e sem aquele astral do tempo da gente, mas há que respeitar. Bjuusssss te adoro mto tbem.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada por estar aqui e sempre amigas. Como amiga devia ter me internado kkkkkk. Obrigada por gostar tanto do que escrevo. Bjus

    ResponderExcluir
  4. Cuidado com o Mario, a última enganchada dele tá na Finlândia com ele kkkkk. Eu não te internei logo porque não sabia. Fê, às vezes eu acho que tu não tem noção do tanto que é linda e grande mulher. Eu tenho mto orgulho de ter vc como amiga sempre. Uma mulher linda, baita militante e escritora de livros lindos. Ainda é o começo, mas por tudo que li teu sei que vc será a maior escritora da História deste país. Teus homens são bem escritos, mas tuas mulheres são maravilhosas. As tuas tramas são gostosas de ler porque não deixa a gente ter que ler o livro todo pra descobrir as coisas. A gente vai sabendo e se empolgando. EU ADORO! Vc é minha escritora preferida. As tuas mulheres dão a volta por cima de deixar cair o queixo. ADORO TODAS ELAS! Bjsssssss

    ResponderExcluir
  5. Qto ao "homem" aí, ah tá, sei. kkkkkkk

    ResponderExcluir